Eventos Agendados
Não existem eventos agendados.
Eventos Anteriores
04 | Combater a Pandemia com UM Conhecimento Tema | “Como reduzir o impacto da pandemia Covid-19 na saúde mental”

Tema | “Como reduzir o impacto da pandemia Covid-19 na saúde mental” 
Convidado | Pedro Morgado, Professor na Escola de Ciências da Saúde da UMinho
Data | 22 de outubro | 18h00 – 18h45 | ONLINE

Em outubro, no âmbito da iniciativa Combater a pandemia com UM conhecimento, a Rede Casas do Conhecimento conversa com o Professor Pedro Morgado sobre “Como reduzir o impacto da pandemia Covid-19 na saúde mental”. 

Faça o seu registo e junte-se a este espaço de debate e partilha online, entre a Academia e a Sociedade civil, onde procuramos partilhar informação prática e rigorosa, numa linguagem simples e acessível, que contribua para reduzir os impactos negativos da pandemia no dia-a-dia dos cidadãos. 

Registe-se em: https://bit.ly/UMconhecimento_04 e participe!
COMUNIDADE DE LEITORES DA RCdC | Sessão 12: Casa do Conhecimento de Montalegre
| LIVRO: PLANALTO DO GOSTOFRIO  | AUTOR: BENTO DA CRUZ
| DATA: 21 de outubro de 2020 | 17h30 – 19h00 DINAMIZADORA: Maria FÁTIMA FERNANDES Alves

Em outubro, a Comunidade de Leitores da RCdC sugere a leitura do livro “Planalto do Gostofrio” de Bento da Cruz. 

“Gostofrio tem crescido comigo. É hoje uma aldeia com ares de burgo, mas ainda me lembro dela de tamancos e burel, toda negra nas casitas de colmo e pedra bruta, sem o menor fogacho de telha ou desmaio de cal.”

Aceite a sugestão de leitura e participe na sessão online, dinamizada pela Casa do Conhecimento de Montalegre, no próximo dia 21 de outubro, das 17h30 às 19h00.

Faça o seu registo em https://bit.ly/cl_rcdc12 e participe!


SINOPSE: 
“Bento da Cruz criou em Planalto de Gostofrio uma inviolável história de amor que é uma autêntica écloga em prosa vivida por António, zagal de vacas, e sua prima Carolina, pastora de gadinho. Este idílio infantil não encerra, porém, todo o livro, porquanto a par dele acontecem outras histórias.
Uma delas é a da Família dos Marinheiros: quantos são, como vivem, o que fazem; trabalhos agrícolas, dificuldades económicas, matança dos porcos, idas à missa e à feira, horas tristes, horas alegres. 
Outra é a do Povo de Gostofrio: organizações comunitárias, rivalidades entre vizinhos, zaragatas com aldeias limítrofes, a vezeira, a chega do boi, os incêndios, os bailes, a má língua. 
Ainda a da Região de Barroso na década de trinta.
Planalto de Gostofrio é no seu conjunto, um livro solar, um cântico de alegria e acção de graças ao Criador dos pássaros e das rosas.” 

BIOGRAFIA
Bento Gonçalves da Cruz nasceu na aldeia de Peireses, do concelho de Montalegre, em 22 de fevereiro de 1925 e faleceu no Porto em 25 de agosto de 2015.
Num contacto directo com a vida do campo, viveu ali até aos 15 anos, altura em que ingressou na Escola Claustral de Singeverga., onde permaneceu durante 6 anos e se familiarizou com os grandes escritores da antiguidade, principalmente os latinos. Abandonou a vida claustral, mas prosseguiu os estudos, licenciando-se em Medicina pela Universidade de Coimbra. Regressou então ao Município de Montalegre, onde montou consultório de clínica geral e estomatologia. Em 1963 publicou o romance Planalto em Chamas, o primeiro de perto de duas dezenas de obras literárias enaltecidas pela crítica, algumas delas distinguidas com prémios literários nacionais de referência. Fundou em 1974 o jornal Correio do Planalto. Foi deputado à Assembleia da República. É patrono da Escola Secundária Bento da Cruz, em Montalegre. Está representado em várias antologias e é hoje reconhecido como um dos mais destacados escritores portugueses contemporâneos. 

CRUZ, Bento da, - Planalto de Gostofrio. 3ª ed. Lisboa: Âncora Editora, 2020
| Transformação Digital - Oportunidades e Desafios para as Empresas
| Casa do Conhecimento de Vila Verde | 16 de Outubro | 17h30 -19h00| Online
A Transformação Digital tem implícita uma mudança de paradigma relativamente à adoção de novas tecnologias digitais potenciadoras de novos processos, serviços e negócios, criando novas oportunidades e desafios para as empresas da região.

A Casa do Conhecimento de Vila Verde, em colaboração com a Rede Casas do Conhecimento, convida todos os interessados a participarem nesta iniciativa que terá como orador António M. Cunha, ex-Reitor da Universidade do Minho e Presidente da Direção Executiva na Associação Laboratório Colaborativo em Transformação Digital (DTx CoLAB), e que visa fomentar, entre os empresários da região, uma cultura de inovação baseada na criatividade e no conhecimento como resposta às necessidades da sociedade. 

Faça o seu registo em https://bit.ly/RCdC-TDigital e participe!
Dia Mundial da Visão 2020
UMinho assinala Dia Mundial da Visão

A Escola de Ciências da Universidade do Minho (ECUM), em parceria com a Rede de Casas do Conhecimento, assinala esta quinta-feira o Dia Mundial da Visão, com uma conferência online a sensibilizar para cuidarmos os nossos olhos ao longo da vida. 

A sessão decorre das 18h00 às 19h00, em http://videoconf-colibri.zoom.us/j/88280779176, contando com as intervenções de José Manuel González-Méijome, professor catedrático da Escola de Ciências da UMinho e diretor do Laboratório de Investigação em Optometria Clínica e Experimental, e de José Salgado-Borges, médico oftalmologista e diretor clínico da ClinSBorges. Os cidadãos interessados podem colocar dúvidas aos dois oradores, que são também embaixadores da Sociedade Internacional de Superfície Ocular e Lágrima.
Segundo dados internacionais, há mais de 280 milhões de pessoas no mundo com deficiência visual e 80% desses casos poderiam ser evitados com um diagnóstico precoce. A cirurgia da catarata é a cirurgia mais frequente no mundo, ao passo que a presbiopia afeta 100% da população a partir dos 50 anos. Estima-se que mais de 5000 milhões de pessoas tenham miopia em 2050.
Comunidade de Leitores: Novaceno - O Advento da Era da HíperInteligência.
Sessão 11: Casa do Conhecimento de Vila Verde
Livro: Novaceno - O Advento da Era da HíperInteligência.
Autor: James Lovelock
Data: 16 de setembro 2020 | 17h30 – 19h00
Dinamizador: José Ismael Graça | Engenheiro de Sistemas e Informática e Coordenador da Casa do Conhecimento de Vila Verde



Sinopse: 
“James Lovelock, criador da teoria de Gaia e o maior ambientalista do nosso tempo, produziu uma surpreendente nova teoria sobre o futuro da vida na Terra. Após 300 anos, a era do Antropoceno – marcada pela ascensão do mundo tecnológico – chegou ao fim, abrindo portas ao Novaceno.Nesta nova era, os sistemas de inteligência artificial já existentes irão criar novos seres com um poder cognitivo 10 000 vezes superior ao nosso. Os seres humanos serão vistos como criaturas lentas e contemplativas. Mas nada disto tomará contornos de ficção científica, nem seremos violentamente dominados por criaturas superiores. Estas novas entidades serão dependentes do planeta como nós, e todos os seres (humanos e não humanos) desempenharão papéis cruciais para garantir a sobrevivência da Terra e da humanidade. Aos 100 anos, Lovelock dá provas da sua inesgotável vitalidade ao produzir a sua obra mais importante.”
Novaceno O Advento da Era da Hiperinteligência, James Lovelock. Edições 70

James Lovelock
Nasceu a 26 de julho de 1919.  É um cientista, ambientalista e futurologista, criador da Teoria de Gaia, a teoria ecológica dos anos 60 do século passado que propõe o planeta Terra como um sistema integrado autorregulado que tende a manter as condições climáticas em equilíbrio homeostático. James Lovelock é autor de mais de 200 artigos científicos e de mais de uma dezena de livros. Trabalhou para a NASA, foi um cientista independente e manteve ligações com universidades no Reino Unido e nos EUA.



PARTICIPE!
Esta sessão será dinamizada online, através da Plataforma Zoom. Faça o seu registo. Nós enviamos-lhe os dados de acesso à sessão Zoom. 

Aceda ao formulário, clicando no +, abaixo.

Siga-nos nas Redes Sociais
Facebook 
Instagram
Cartaz.png
Combater a pandemia com UM conhecimento
UM ESPAÇO DE DEBATE ENTRE A ACADEMIA E A SOCIEDADE CIVIL

TEMA: 'A Saúde Visual em Tempo de Covid19' 

CONVIDADO: Professor José Manuel Gonzaléz Méijome

A segunda conversa da iniciativa - Combater a Pandemia com UM conhecimento - será com José Manuel González Méijome, Professor no Departamento de Física da Escola de Ciências da UMinho e fundador e coordenador do Laboratório de Investigação em Optometria Clínica e Experimental (CEORLab) da UMinho, sobre Saúde Visual.A relação do coronavirus SARS Cov-2 e a Covid-19 com o olho ou o impacto do confinamento na visão são algumas das questões para as quais procuraremos respostas junto do nosso convidado, assim como algumas recomendações sobre como proteger a nossa saúde visual.

Faça o seu registo, através do formulário que disponibilizamos AQUI, e junte-se a nós,online, no próximo dia 27 de agosto, às 18h00.


SOBRE A INICIATIVA: 
'Combater a Pandemia com UM Conhecimento' é uma iniciativa da Casa do Conhecimento da UMinho, no âmbito da Rede de Casas do Conhecimento, que tem como objetivo a criação dum espaço de debate e partilha de conhecimentos práticos, que possam ser aplicados pelos cidadãos no seu dia-a-dia, ajudando-os a minimizar os impactos negativos causados pela pandemia.São múltiplas, e aos mais diversos níveis, as consequências da Covid-19 e o regresso à “nova normalidade” exige dos cidadãos mais atenção e uma rápida adaptação.
Assim, e com o intuito de contribuir, a CdC UMinho convidou investigadores de diferentes áreas do Conhecimento a juntarem-se a nós, online, e a partilharem informação prática e rigorosa, numa linguagem simples e acessível, que contribua para este fim.


Combater a pandemia com UM conhecimento

TEMA: “A FILOSOFIA POLÍTICA EM TEMPO DE PANDEMIA E O RENDIMENTO BÁSICO INCONDICIONAL” 

INVESTIGADOR CONVIDADO: ROBERTO MERRILL | DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA DA UMINHO |

DATA: 23 DE JULHO | 18H00 – 18H45 | ONLINE | PLATAFORMA COLIBRI - ZOOM 


A nova fase da situação de pandemia que se vive em Portugal e no mundo exige que as instituições de ensino superior deem continuidade à responsabilidade social que têm assumido e comecem, desde já, a dar respostas aos desafios colocados por esta pandemia no contexto académico, social e económico. 

“Combater a Pandemia com UM Conhecimento” é um ciclo de conversas online, que tem como objetivo criar um espaço de debate e partilha de conhecimentos que possam ser aplicados pelos cidadãos no seu dia-a-dia, ajudando-os a minimizar os impactos negativos causados pela Covid-19.

As sessões mensais vão juntar investigadores da UMinho, provenientes de diferentes áreas de conhecimento, para que se potencie um momento de partilha de informação prática e rigorosa, numa linguagem simples e acessível que contribua para este fim.

O tema da primeira conversa será “A Filosofia Política em tempos de pandemia e o Rendimento Básico Incondicional' e teremos connosco o Professor Roberto Merrill, do Departamento de Filosofia do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho. 

Registe-se, através do formulário de inscrição, disponível AQUI, e participe neste espaço de debate e partilha entre a Academia e a Sociedade Civil. 


Siga-nos nas Redes Sociais: 

Facebook 

Instagram 



Comunidade de Leitores da Rede Casas do Conhecimento
Sessão 10: Casa do Conhecimento da UMinho 
Data: 18 de junho 2020 | 17h30 - 19h00
Livro: Como tornar-se doente mental
Autor: José Luís Pio Abreu 

*A sessão será dinamizada e poderá ser participada através da Plataforma Zoom. Os dados de acesso serão, oportunamente, enviados a todos leitores registados. Registe-se aqui


Deixe-se motivar pela sugestão de leitura da Comunidade de Leitores da RCdC para o mês de junho e participe na conversa com o autor do livro, no próximo dia 18 de junho, às 17h30. 

“Como tornar-se doente mental” é uma tentativa desesperada de contribuir para a saúde mental das pessoas, uma vez admitida a ineficácia de milhares de livros que ensinam tratamentos e regras de vida saudável. Ao assumir este projeto, o autor confia nos surpreendentes desígnios da inteligência humana. O leitor interessado encontra aqui uma ampla variedade de doenças mentais, com os seus critérios de diagnóstico, e uma detalhada explicação do modo de atingir esses objetivos. Tudo coisas fáceis, porque difícil é o tratamento e, mais difícil ainda, manter-se saudável no meio desta complicada civilização consumista. (Edições Dom Quixote)

José Luís Pio Abreu é psiquiatra do Hospital da Universidade de Coimbra e professor associado da Faculdade de Medicina. Ao longo dos 30 anos da sua atividade profissional, tem desenvolvido e orientado investigação ligada a diversos temas do âmbito da Psiquiatria, com várias dezenas de artigos publicados em revistas científicas. Como cidadão, sempre desempenhou atividade política, social e cultural, com diversas intervenções, artigos de opinião e colunas em jornais de tiragem nacional.

A sessão será dinamizada por Pedro Morgado, Professor da Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho, investigador no ICVS/3B's e no Centro Clínico Académico de Braga e, também, psiquiatra no Hospital de Braga.

Faça parte da nossa Comunidade de Leitores


Comunidade de Leitores da Rede Casas do Conhecimento

Sessão 9: Casa do Conhecimento de Paredes de Coura
Data: 20 de maio | 17h30 – 19h00
Livro: A Casa Grande de Romarigães
Autor: Aquilino Ribeiro
Dinamizadora: Maria de Fátima Silva Cabodeira


Depois de dois meses de ausência forçada, voltamos a reunir a nossa Comunidade de Leitores, no próximo dia 20 de maio, pelas 17h30.O livro que dará o mote à conversa, neste regresso, é 'A Casa Grande de Romarigães', de Aquilino Ribeiro. 

Desta vez, o convite é para que se junte a nós online, através da plataforma zoom, e não fisicamente numa das nossas Casas do Conhecimento.Para garantir a sua participação e para que possamos partilhar consigo os dados de acesso à sessão, solicitamos o preenchimento e submissão deste formulário.


SINOPSE: 
Publicada em 1957, a crónica romanceada “A Casa Grande de Romarigães” retrata sucessivas gerações da antiga Quinta e Capela de Nossa Senhora do Amparo, desde tempos que recuam ao domínio do suserano, na Idade Média, passando pelas guerras da restauração, invasões francesas, disputas liberais, até à emigração para o Brasil, a partir da segunda metade do séc. XIX.
Os ancestrais usos e costumes, da partilha da água e da partilha do monte, aí são revisitados, a par das mentalidades da nobreza do norte de Portugal ancoradas simultaneamente na religiosidade e no misticismo popular.
Tão luxuriante quanto a natureza alto-minhota é a linguagem, que Aquilino cinzela com admirável mestria. 

Aquilino Ribeiro
Natural de Carregal de Tabosa, concelho de Sernancelhe, onde nasceu em 13 de setembro de 1885, viria a falecer, em Lisboa, em 27 de maio de 1963. Após o perecimento da 1ª mulher, Grete Tiedemann, casou, em Paris, com Jerónima Dantas Machado, filha de Bernardino Machado, razão que explica a ligação afetiva ao território de Paredes de Coura. O escritor e a família recuperam a Casa Grande de Romarigães e a Capela de Nossa Senhora do Amparo, e aí viveram em meados do séc. XX.A extensa bibliografia espraia-se por diferentes géneros literários: romances; contos; memórias; literatura infanto-juvenil, de que é emblemático o “Romance da Raposa”; história, a que acresce a tradução de obras. 

Note-se que Aquilino Ribeiro foi perseguido pela censura, na sequência da publicação, em 1958, de “Quando os Lobos Uivam”. Nesse mesmo ano, militou ao lado de Humberto Delgado à Presidência da República. Em 1982 foi agraciado, a título póstumo, com o Grau de Comendador da Ordem da Liberdade. Por deliberação da Assembleia da República, em 19 de setembro de 2007, os restos mortais de Aquilino Ribeiro foram trasladados para o Panteão Nacional. 


A sessão será dinamizada por: 
Maria de Fátima Silva Cabodeira, técnica superior da Câmara Municipal de Paredes de Coura é responsável pelo Arquivo Municipal de Paredes de Coura e pela coordenação técnica do Arquivo Literário do escritor Mário Cláudio.




Comunidade de Leitores RCdC| Quarta-feira, 19 de fevereiro 2020
Livro: Inteligência Artificial, de Arlindo Oliveira
Quarta-feira, 19 de fevereiro 2020, 17h30 -19h00
Dinamizado por Arlindo Oliveira, a partir da Casa do Conhecimento da UMinho / Espaço B-Lounge da Biblioteca, em Azurém.

Sinopse: 
'Somos a espécie animal mais inteligente que se conhece, produto de uma extraordinária evolução biológica com milhares de milhões de anos. Daí que não seja de estranhar que hoje queiramos ultrapassar os nossos próprios limites, criando sistemas que reproduzam comportamentos inteligentes de forma artificial. Em que ponto estamos nesta aventura? Será que algum dia esses sistemas irão superar a inteligência dos seus criadores? Devemos temê-los? Que papel podem desempenhar na evolução futura da espécie humana e na conquista do espaço? 

Este ensaio descreve, de forma acessível, o que é a inteligência Artificial e a sua relação com a Inteligência Humana, assim como possíveis aplicações e implicações societais e económicas. Inclui uma perspetiva histórica e uma análise da situação atual da tecnologia. Reflete sobre as possíveis consequências do desenvolvimento da inteligência artificial e convida-nos a projetarmos a nossa inteligência no futuro.' (Inteligência Artificial, Arlindo Oliveira, Edição: Fundação Francisco Manuel dos Santos)

Arlindo Oliveira estudou no Instituto Superior Técnico (IST) e na Universidade da Califórnia, em Berkeley. Foi investigador no CERN, em Berkeley, na Cadence Design Systems e no INESC-ID. É atualmente presidente e professor do IST, onde leciona e desenvolve Investigação nas áreas de algoritmos, aprendizagem automática, bioinformática e neuroengenharia. É autor de mais de cem artigos científicos e de três livros, publicados em diversas línguas. 






Inteligência Artificial, Arlindo Oliveira.pdf
Comunidade de Leitores da Rede Casas do Conhecimento
Comunidade de Leitores da RCdC
Sessão 7 - Casa do Conhecimento de Boticas
Livro: A Senhora Professora  | Autor: Rui Damásio 
Quarta-feira, 15 de Janeiro 2020 | 17h30 -19h00

Livro: A Senhora Professora
Isaura Lopes, nascida no seio de uma família rica na fictícia aldeia transmontana de Montes Verdes, inicia o moldar da sua personalidade aos 14 anos quando o presente de um familiar distante lhe desperta o interesse pelos livros e pelo conhecimento. O destino fê-la professora. A narrativa inicia-se no ano de 1937, num Portugal recôndito, relatando a vida numa aldeia regida pelas leis das tradições vividas na época. A história tem três personagens centrais: a professora, regente numa escola primária do Estado Novo, um jovem acordeonista ladrão que se vê obrigado a instalar se com a família numa aldeia desconhecida para fugir do seu passado e a sétima filha de um casal de agricultores, cedida pelos pais para ser criada por familiares, e que cresceu no meio da abundância sob a opressão de uma madrinha controladora e lunática. Os infortúnios e motivações de uma professora deslocada do seu tempo são a força motriz da narrativa, baseada nas tradições de um Portugal rural e antigo, onde as personagens que se cruzam com os protagonistas são o espelho de um país que já não existe, mas cujos ecos ressoam até hoje. 

Autor/ Dinamizador: RUI DAMÁSIO 
Transmontano, nasceu a 21 de maio de 1991 e é natural de Alturas do Barroso, no Concelho de Boticas. Ingressou no Ensino Superior na cidade de Vila Real, onde cursou e se formou como Médico Veterinário. Exerceu clínica num Hospital Veterinário no Porto durante dois anos, tendo de seguida iniciado um Doutoramento em Ciências Veterinárias que frequenta atualmente. Desde sempre cresceu entre os livros, tendo-se iniciado no mundo da leitura com pequenas obras de banda desenhada. Enquanto crescia, aventurou- se em géneros e obras literárias de crescente complexidade, sendo a leitura um vício difícil de controlar e só com redobrado esforço conseguiu manter paralelamente à sua vida académica e profissional. Tem como autores favoritos José Saramago e Júlio Dinis. Embora academicamente tenha envergado pelo mundo das ciências, a literatura e as ciências sociais sempre fizeram parte dos seus gostos pessoais. A escrita sempre esteve presente na sua vida, sendo vários as histórias e contos infantis que iniciou e escreveu ao longo da sua vida. O romance histórico A Senhora Professora representa a sua primeira grande obra concluída e pronta a ser apresentada ao público. Venceu também o XII Concurso Literário Nacional – Conto Infantil 2018, organizado pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.


A sétima sessão da Comunidade de Leitores da RCdC será dinamizada a partir da Casa do Conhecimento de Boticas, mas participada remotamente a partir de qualquer uma das Casas do Conhecimento da nossa Comunidade. Junte-se a nós!

CdC UM / Espaço B-Lounge da Biblioteca, em Azurém
CdC UM / Espaço B-Lounge da Biblioteca Geral, em Gualtar
CdC Montalegre /Biblioteca Municipal de Montalegre
CdC Paredes de Coura
CdC Vila Verde
CdC Boticas

Se quer fazer parte desta comunidade e receber informação sobre as nossas sessões, inscreva-se aqui.
Comunidade de Leitores da Rede Casas do Conhecimento
Comunidade de Leitores da RCdC
Sessão 6 - Casa do Conhecimento de Boticas
Livro: Um Amigo para o Inverno | Autor: José Carlos Barros 
Quarta-feira, 18 de dezembro 2019 | 17h30 -19h00

Em Dezembro a Comunidade de Leitores da RCdC promove a leitura do livro 'UM AMIGO PARA O INVERNO', de José Carlos Barros. 

SINOPSE:
'Um Amigo para o Inverno' revisita a história recente do nosso passado colectivo, recorrendo a um leque de personagens inesquecíveis, entre as quais se contam membros de uma célula clandestina do Partido Comunista, agentes da PIDE, homens e mulheres que se encontram ou perdem no amor, revolucionários que desistem dos seus sonhos e fracassados que, apesar de tudo, acreditam que é sempre possível recomeçar e vencer.  Belo, profundo e comovente, o presente romance, baseado numa história verdadeira de resistência à ditadura no Norte do País, foi finalista do Prémio Leya, em 2012.

CdC UM / Espaço B-Lounge da Biblioteca, em Azurém
CdC UM / Espaço B-Lounge da Biblioteca Geral, em Gualtar
CdC Montalegre /Biblioteca Municipal de Montalegre
CdC Paredes de Coura
CdC Vila Verde 
CdC Boticas
Comunidade de Leitores da Rede Casas do Conhecimento
Sabe qual é a leitura que a Comunidade de Leitores da RCdC sugere para novembro?

Livro: Eliete - Uma Vida Normal.
Autora: Dulce Maria Cardoso

Sinopse:
(...)
Estar a meio da vida é como estar a meio de uma ponte suspensa, qualquer brisa a balança. A vida da Eliete vai a meio e, como se isso não bastasse, aproxima-se um vendaval.

Aceite a sugestão da RCdC e junte-se a nós, no dia 20 de novembro, 17h30, numa das nossas Casas do Conhecimento.
Comunidade de Leitores da Rede Casas do Conhecimento
A quarta sessão da Comunidade de Leitores da Rede de Casas do Conhecimento será dinamizada a partir da Casa do Conhecimento de Paredes de Coura e promove o livro 'Camilo Broca', do Autor Mário Cláudio. 

A sessão, que se realiza em simultâneo nas 6 Casas do Conhecimento da Comunidade de Leitores - CdC UMinho Gualtar e Azurém; CdC Vila Verde; CdC Boticas; CdC Montalegre; CdC Paredes de Coura -, contará com a presença do escritor Mário Cláudio, a partir da Casa do Conhecimento de Paredes de Coura. 

Livro: Camilo Broca
Galardoado com o Prémio de Ficção PEN Clube Português, em 2006, Camilo Broca narra as façanhas dos antepassados do carismático romancista Camilo Castelo Branco.

Autor: Mário Cláudio
Escritor português, de nome verdadeiro Rui Manuel Pinto Barbot Costa, nascido a 6 de novembro de 1941, no Porto. Formado em Direito pela Universidade de Coimbra, onde se diplomou também como bibliotecário-arquivista, e master of Arts em biblioteconomia e Ciências Documentais pelo University College de Londres.

Junte-se a nós no dia 16 de outubro, numa das nossas Casas do Conhecimento.
Comunidade de Leitores da Rede Casas do Conhecimento
A  Rede de Casas do Conhecimento volta a reunir os seus Leitores, no dia 18 de setembro. O Livro selecionado para esta sessão é a 'Ameaça', do autor britânico Ken Follet. 
Unanimemente considerado um dos mestres atuais do policial, Ken Follett tem a capacidade única de, a cada novo romance, reinventar o próprio thriller. Em 'A Ameaça', um poderoso agente antiviral desaparece misteriosamente das instalações da Oxenford Medical, uma empresa farmacêutica que está a desenvolver um antivírus para uma das mais perigosas variedades do Ébola. Quem o poderá ter roubado? E com que obscuras intenções?

Aceite o nosso desafio de leitura e junte-se a nós no dia 18 de setembro,às 17h30, numa das nossas Casas do Conhecimento. 

Comunidade de Leitores da Rede Casas do Conhecimento
O segundo encontro da Comunidade de Leitores da Rede de Casas do Conhecimento acontece no dia 17 de julho, pelas 17h30. 

O livro selecionado para o mês de Julho leva-nos numa viagem por Portugal, através das palavras do seu autor, Miguel Torga. 

Esta segunda sessão será dinamizada, a partir da Casa do Conhecimento da Universidade do Minho, em Gualtar, pelo Professor Carlos Mendes Sousa, Professor no departamento de Estudos Portugueses e Lusófonos do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho. 

Há semelhança da primeira sessão, também esta será participada a partir da Casa do Conhecimento da UMinho, em Azurém, e das Casas do Conhecimento de Vila Verde, Boticas, Paredes de Coura, e Montalegre, juntando, desta forma, as diversas comunidades de Leitores. 
Leia o livro e junte-se a nós no dia 17 de julho para partilhar a sua experiência de Leitura. 



A inscrição não é obrigatória, mas ajuda-nos a organizar a sessão.  
http://bit.ly/rcdc-leitores


Miguel Torga_Portugal.pdf
Livro do mês de Junho | A Ciência e os seus Inimigos | Carlos Fiolhais e David Marçal
A primeira sessão da Comunidade de Leitores da Rede de Casas do Conhecimento promove o livro 'A Ciência e os seus Inimigos', de Carlos Fiolhais e David Marçal.  Um livro com histórias de ciência de dois autores e divulgadores de Ciência bem conhecidos do público português.

O desafio que temos para as nossas Comunidades é simples, ler o livro e, no próximo dia 19 de junho, pelas 17h30, juntarem-se a uma das 6 comunidades de Leitura da Rede Casas do Conhecimento:

Esta primeira sessão será dinamizada pelo próprio autor, Carlos Fiolhais, que estará presencialmente na Casa do Conhecimento da UMinho em Azurém, mas os nossos leitores poderão participar na sessão a partir de qualquer uma das CdCs.


Faça parte da nossa Comunidade

Inscreva-se e diga-nos a partir de onde vai participar. 

Casa do Conhecimento da Universidade do Minho  
BGUM - Biblioteca Geral da Universidade do MinhoMorada: Campus de Gualtar - 4710-057 Braga
Email: bgum@sdum.uminho.pt
Telefone: 253 604 156/7/8

Casa do Conhecimento da Universidade do Minho
BPG - Biblioteca da Universidade do Minho
Morada: Campus de Azurém, Edifício 13, 4800-058 Guimarães
Email: bpg@sdum.uminho.pt
Telefone: 253 510 118

Casa do Conhecimento de Boticas
Biblioteca Municipal
Morada: Praça do Município, 44, 5460-304 Boticas
Email: casadoconhecimento@boticas.pt
Telefone: 276 410 200

Casa do Conhecimento de Montalegre
Biblioteca Municipal de Montalegre
Morada: Rua General Humberto Delgado 528, 5470 -247 Montalegre
Email: biblioteca@cm-montalegre.pt
Telefone: 276 510 200 Ext- 380

Casa do Conhecimento de Paredes de Coura  
Morada: Largo Visconde de Mozelos, 4940-525 Paredes de Coura
Email: arquivo@paredesdecoura.pt
Telefone: 251780105

Casa do Conhecimento de Vila Verde
Morada: Praça 5 de Outubro, 55, 4730-731 Vila Verde
Email: casadoconhecimento@cm-vilaverde.pt
Telefone: 968 514 917 / 253 054 312

Cartaz.jpg
Dia Mundial da Sociedade da Informação | O Indivíduo na Sociedade da Informação
No próximo dia 17 de maio, pelas 9h00, a Casa do Conhecimento de Vila Verde promove o evento “O Indivíduo na Sociedade da Informação”, no âmbito do Dia Mundial da Sociedade da Informação.A ação pretende refletir sobre a importância e a influência do digital na infância, na juventude, na idade adulta e na terceira idade. 

Já refletiu sobre a influência do digital na sua vida? Na vida dos seus filhos? Na vida dos seus alunos? E na vida dos seniores? Aproveite esta ação e venha refletir conjuntamente com um painel de ilustres oradores, especialistas nesta matéria.

O evento é gratuito, mas sujeito a inscrição para: 
casadoconhecimento@cm-vilaverde.pt ou por telefone 968 514 917.

* Ação sujeita a acreditação pelo Centro de Formação do Alto Cávado. 

Esperamos por si!


Programa.jpg
UMinho vai lançar Comunidade de Leitores da Rede Casas de Conhecimento
A sessão pública de apresentação da Comunidade de Leitores da Rede de Casas do Conhecimento (RCdC) está agendada para o dia 9 de maio, às 10h00. A iniciativa iniciar-se-á na Casa do Conhecimento (CdC) / Espaço B-Lounge da Biblioteca Geral da Universidade do Minho (UMinho) no campus de Gualtar, com a presença da vice-reitora da UMinho para a Cultura e Sociedade, Manuela Martins, do coordenador do projeto RCdC, Luís Amaral e do diretor dos Serviços de Documentação da UMinho (SDUM), Eloy Rodrigues.

Seguir-se-ão as intervenções das CdC locais, com o presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, a vereadora da Educação da Câmara Municipal de Boticas, Maria do Céu Fernandes, a vereadora da Educação da Câmara Municipal de Montalegre, Fátima Fernandes e a vereadora da Educação, Cultura e Ação Social da Câmara Municipal de Paredes de Coura, Maria José Moreira. Todas as intervenções serão transmitidas e acompanhadas por videoconferência nos diferentes locais, exemplificando assim o futuro funcionamento da Comunidade de Leitores.

A RCdC da UMinho vai dar início, no mês de junho, a um ciclo de seis sessões que integram a 1ª edição da Comunidade de Leitores da RCdC. Pretende-se, a partir de leituras comuns, promover encontros regulares e informais entre pessoas de contextos e proveniências diversas, criando lugares de reflexão e de partilha entre a comunidade académica e outras comunidades da sociedade civil. A Comunidade de Leitores, uma iniciativa pioneira, nasce de numa iniciativa conjunta entre a CdC e os SDUM, em colaboração com as CdC de Vila Verde, Paredes de Coura, Boticas e Montalegre e tem como objetivos centrais a promoção da literacia e da leitura ao longo da vida e a partilha de conhecimento, reflexões e inquietações a partir da experiência da leitura, contribuindo para a formação de cidadãos ativos e informados.

Sessões decorrem de junho a dezembro, em simultâneo, em todas as Casas do Conhecimento

Elementos de todas as instituições envolvidas na organização formaram uma equipa de trabalho multidisciplinar que selecionou os seis livros para a primeira edição da Comunidade de Leitores da Rede Casas do Conhecimento, que se desenvolverá entre os meses de junho a dezembro de 2019.

A primeira sessão acontece a 19 de junho, a partir da Casa do Conhecimento da Universidade do Minho no campus de Azurém, Guimarães, e irá abordar a obra “A Ciência e os seu Inimigos” de Carlos Fiolhais e David Marçal. Segue-se uma sessão na Casa do Conhecimento do campus de Gualtar, em Braga, que irá debater Miguel Torga a partir do seu texto “Portugal” e que decorre a 17 de julho.

A 18 de Setembro, na Casa do Conhecimento de Montalegre, o destaque vai para Ken Follet e o seu livro “A Ameaça”. No mês de outubro, no dia 16, a obra “Camilo Broca” de Mário Cláudio servirá de mote à discussão a partir da Casa do Conhecimento de Paredes de Coura.

Em novembro, o livro “Eliete”, de Dulce Maria Cardoso, será partilhado pela Comunidade de Leitores da RCdC na Casa do Conhecimento de Vila Verde e a última sessão está reservada para o mês de dezembro onde a obra “Um Amigo para o Inverno”, de José Carlos Barros, será o tema da conversa. A sessão decorre no dia 18 na Casa do Conhecimento de Boticas.

Todas as sessões têm início marcado para as 17h30 e poderão ser assistidas e participadas em todas as Casas do Conhecimento, recorrendo aos Sistemas de Videoconferência das CdCs. 
Seminário:Transformação Digital na Indústria da Região Norte
O projeto xTIE visa sensibilizar as PME, nomeadamente as localizadas na região Norte, para aspetos diversos relacionados com as tecnologias da informação, comunicação e eletrónica, e com o modo como potenciam e condicionam a competitividade e o dinamismo de diversos setores da economia e da sociedade.
No próximo dia 30 de abril, pelas 15h00, serão apresentados os resultados do Projeto xTIE, nomeadamente os Livros Brancos produzidos no âmbito deste projeto, contendo uma análise das oportunidades e desafios gerados pelas novas tecnologias digitais na Indústria da Região Norte. 
O seminário pode ser assistido e participado, via videoconferência, na Casa do Conhecimento de Boticas/ Espaço da Biblioteca Municipal de Boticas.  

A inscrição não é vinculativa, mas se o fizer, estará a ajudar-nos a organizar o evento.Formulário de Inscrição


xTIE.pdf
INTEROP - Ciclo de seminários "Justiça e democracia: direitos fundamentais e políticas públicas na era digital"
No âmbito do projeto Jean Monnet INTEROP - 'EU Digital Single Market as a political calling: interoperability as the way forward', decorre nos dias 11 e 12 de abril de 2019, na Casa do Conhecimento da UMinho, um ciclo de seminários subordinado ao tema 'Justiça e democracia: direitos fundamentais e políticas públicas na era digital', realizado em parceria com investigadores da UNISC (Universidade de Santa Cruz do Sul, Brasil).

O projeto INTEROP é desenvolvido por investigadores do Centro de Estudos em Direito da União Europeia (CEDU-JusGov) da UMinho – Alessandra Silveira, Pedro Froufe, Joana Abreu e Sophie Perez – e tem em vista, entre outros objetivos, discutir com os policymakers europeus o sentido a ser traçado para o Mercado Único Digital, quais as suas potencialidades e fragilidades e, bem assim, o que esperar quanto à sua consecução e respetivo impacto no contexto dos Estados-Membros. Mais especificamente, pretende testar o âmbito da interoperabilidade nos mais variados domínios e a sua operatividade.

A partir do mote da digitalização, serão debatidos os seguintes temas: “Gestão pública sustentável e participação social diante da Revolução 4.0”, “Ativismo judicial e independência dos tribunais na era digital”, “Justiça, democracia e digitalização: perspectivas”.

O referido ciclo de seminários resulta de uma profícua parceria entre o CEDU, a UNISC e a Universidade da Coruña, estando especialmente vocacionado para os alunos do Mestrado em Direito da União Europeia da UMinho (que mantém um protocolo de dupla titulação com a UNISC) e alunos do Mestrado em Direitos Humanos da UMinho.

Durante o evento será apresentado um e-book contendo textos do ciclo de seminários de 2018: 'IV Seminário Internacional Hispano-Luso-Brasileiro sobre Direitos Fundamentais e Políticas Públicas', Rogério Gesta Leal/Alessandra Silveira/Carlos Aymerich Cano (coords.), Bubok Editorial, Universidade da Coruña, 2018.

O evento é transmitido e participado por videoconferência para os estudantes de 2.º e 3.º ciclos do PPGD da UNISC (Brasil), a fim de potenciar os resultados do projeto INTEROP e dar visibilidade à Casa do Conhecimento da UMinho.

 Inscrição gratuita, até ao dia 8 de abril, para: cedu@direito.uminho.pt

Seminário_INTEROP.pdf
Sessões de apresentação/ esclarecimento Projetos de Investigação| Conselho Geral da Universidade do Minho
Numa iniciativa inserida no conjunto de atividades a desenvolver pelo Conselho Geral da Universidade do Minho, tendo em vista a sua aproximação à Comunidade Académica, e na sequência da aprovação dos projetos de investigação promovidos pelo Conselho Geral realizar-se-ão duas sessões de apresentação/ esclarecimento dos projetos em curso, de acordo com o seguinte alinhamento:  
  • Sessão 1, no Campus de Gualtar, dia 28 de novembro, às 9h00, na Casa do Conhecimento em Gualtar, no espaço B-Lounge da Biblioteca Geral em Gualtar.
  • Sessão 2, no Campus de Azurém, dia 28 de novembro, às 11h00, na Casa do Conhecimento em Azurém, no espaço B-Lounge da Biblioteca em Azurém.
O Conselho Geral conta com a colaboração da Casa do Conhecimento e dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho na organização destas sessões. 
Curso de Outono
Curso de Outono | Casa do Conhecimento de Paredes de Coura | 23 e 24 de novembro. Entrada Livre.

Um evento co-organizado pela CM de Paredes de Coura, Universidade do Minho, CdC Paredes de Coura e CENFIPE.



Programa curso de outono_v7.pdf
Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e Desenvolvimento
No próximo dia 23 de maio, a Casa do Conhecimento de Vila Verde assinala o dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e Desenvolvimento, celebrado anualmente no dia 21 de maio.

Este dia foi proclamado pela Assembleia Geral da ONU em 2002, em comemoração da aprovação da Declaração Universal da UNESCO sobre a Diversidade Cultural. A declaração da UNESCO estipula que a Diversidade Cultural é um património comum da Humanidade.

A Casa do Conhecimento de Vila Verde assinala o dia na próxima quarta-feira, dia 23 de maio, entre as 10h00 e as 12h00, com um programa intitulado: Património e Diversidade - uma abordagem plural.  
cartaz_DMDCDD_2018.jpg
Dia Mundial da Sociedade de Informação
A Casa do Conhecimento de Vila Verde volta a assinar o Dia Mundial da Sociedade de Informação, este ano com um evento intitulado - Cidadania Digital. O evento realiza-se no dia 17 de maio, no auditório da Casa do Conhecimento de Vila Verde. 

Cidadania Digital Programa.pdf
Assista à transmissão da Conferência “Democracia 4.0 – O Futuro da Democracia na Era Digital”

A Casa do Conhecimento da Universidade do Minho, em colaboração com os SDUM, transmite, via Live Streaming, a Sessão II da Conferência 'Democracia 4.0 - O Futuro da Democracia na Era Digital'

Local: Espaços B-Lounge das Bibliotecas de Azurém e Gualtar| 8 de maio | 10h00 – 12h30

A Representação da Comissão Europeia em Portugal e o Comissário europeu Carlos Moedas organizam uma conferência dedicada ao tema «Democracia 4.0 – O Futuro da Democracia na Era Digital». O evento, que se enquadra nas celebrações do Dia da Europa, tem lugar no dia 8 de maio de 2018, a partir das 9h00 horas, na Reitoria da Universidade Nova de Lisboa (Campus de Campolide). Democracia Digital, Democracia Participativa, Desinformação e Inteligência Artificial serão os temas em debate.

A Sessão II, “A Nova Vaga da Democracia Digital”, na qual intervêm os estudantes minhotos, será transmitida, a partir das 10h00, do dia 8 de maio, nas Casas do Conhecimento da Universidade do Minho - Gualtar e Azurém - (via Live streaming) aos membros da academia minhota que queiram assistir e intervir à distância. Esta transmissão será acompanhada pelos Professores Luís Amaral e João Álvaro Carvalho, do Departamento de Sistemas da Informação, na CdC UM Azurém e pela Dra. Joana Abreu, do Departamento de Ciências Jurídicas Públicas, na CdC UM Gualtar. Os docentes farão o enquadramento da iniciativa e dinamizarão o debate entre os presentes, ligando ambas os Campi por videoconferência.

Junta-te a esta sessão numa das Casas do Conhecimento da UM – Espaços B-Lounge da Biblioteca de Azurém e/ou Gualtar - a partir das 10h00.



programa-conferencia-democracia40-8maio2018.pdf
Desafiar, partilhar e discutir - TecMeetings promovem o networking entre empreendedores e startups
Em 2018, a TecMinho realiza as TecMeetings, com o principal objetivo de desafiar empreendedores e empresários da região, a criarem entre si um networking ativo para o desenvolvimento de novas oportunidades de negócio.Esta iniciativa decorrerá de janeiro a março, às terças-feiras, das 16h30 às 19h00, no Espaço B-Lounge da Biblioteca da Universidade do Minho, no Campus de Azurém, em Guimarães. Contarão com um ambiente casual e sem formalismos, onde serão apresentados e discutidos alguns temas centrais de abordagem, nomeadamente:
  • Startups e o Marketing Digital – 27 de fevereiro de 2018
  • Startups e a Gestão Lean – 13 de março de 2018
  • Startups e a Internacionalização – 27 de março de 2018
A Casa do Conhecimento da Universidade do Minho junta-se a esta iniciativa, criando a possibilidade de assistir e participar nestas sessões também a partir de Gualtar, via videoconferência, no espaço Casa do Conhecimento | B-Lounge - Gualtar. 
A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição: 
  • Participe nas sessões, presencialmente, em Azurém, Guimarães:Inscrição aqui
  • Participe nas sessões, via videoconferência, em Gualtar, Braga:Inscrições aqui
Projeto solidário – Bibliotecas Universidades de Bissau
Todas as pessoas precisam de ler para ganhar asas para o mundo!

A UNESCO, na Estratégia de Educação para o Desenvolvimento Sustentável, salienta que a Educação, para além de constituir um direito humano fundamental, é igualmente um pré-requisito para se atingir o desenvolvimento sustentável e um instrumento essencial à boa governação, às tomadas de decisão informadas e à promoção da democracia.

A UMinho recebeu, recentemente, um apelo da Universidade Católica de Bissau, uma vez que, à semelhança de todas as Universidades deste país de língua portuguesa, a Biblioteca desta Universidade enfrenta uma escassez enorme de recursos bibliográficos.
Neste contexto, a Casa do Conhecimento da Universidade do Minho apela à vossa solidariedade e adesão à campanha, oferecendo livros técnicos e científicos (novos ou em bom estado) das seguintes áreas: 


·         Economia
·         Recursos Humanos
·         Administração e Gestão de Empresas
·         Administração e Gestão Pública
·         Contabilidade, Fiscalidade, Auditoria
·         Direito
·         Sociologia
·         Psicologia 
·         Enfermagem
·         Ciência Política e Relações Internacionais
·         Ciências da Educação
·         Engenharia Informática (Redes, Robótica)
·         Tecnologias e Sistemas de Informação
·         Matemática e Estatística
·         Marketing
·         Design produto 
·         Ciências da Comunicação e Multimédia
·         Turismo e Hotelaria 
·         Ciências do Mar e do Ambiente

De 30 de outubro a 11 de novembro entregue os seus livros num dos pontos de recolha:

• Secretarias de todas as Escolas e Institutos da Universidade do Minho e do Instituto Politécnico do Cávado e Ave
• Bibliotecas da Universidade do Minho e do Instituto Politécnico do Cávado e Ave 
• Secretarias dos Pólos da Unidade de Ensino dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais do IPCA

Para qualquer informação adicional contate:
Casa do Conhecimento da UMinho - email: claudia.amaro@gae.uminho.pt 
IPCA - email: sas@ipca.pt





Cartaz da Campanha.jpg
Diversidade Cultural: Inovação e Desenvolvimento
A Casa do Conhecimento do Município de Vila Verde assinala, na próxima sexta-feira, 26 de maio, entre as 9h30 e as 12h00, o Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e Desenvolvimento, com a realização de um evento intitulado “Diversidade Cultural: Inovação e Desenvolvimento”. Esta é uma iniciativa que contará com a presença de prestigiados oradores e é de relevante importância para a promoção da diversidade cultural, da inovação e do conhecimento.

Proclamado pela Assembleia Geral da ONU, o Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e Desenvolvimento procura aprofundar e valorizar a compreensão e respeito por todas as expressões culturais. A liberdade de expressão, o livre fluxo de ideias, o acesso às artes, à informação e ao conhecimento científico e tecnológico, são garantias da Diversidade Cultural.



Dia Mundial da Sociedade de Informação
No próximo dia 17 de maio, a Casa do Conhecimento de Vila Verde assinala, mais uma vez, o dia Mundial da Sociedade de Informação.

Durante a manhã, pelas 10h00, será inaugurada a exposição 'Homo Numericus', um projeto da Escola de Ciências da Universidade do Minho - STOL - Science through our Lives.

Durante a tarde serão apresentados diversos projetos relacionados com Ciência e Tecnologia.

Convida-se toda a Comunidade a participar.  

"Introdução ao conceito Passive House" | Casa do Conhecimento de Vila Verde
A Casa do Conhecimento de Vila Verde acolhe, no dia 11, às 18.30 horas, a sessão técnica sobre ‘O Conceito Passive House’, uma iniciativa que se insere no âmbito da programa- ção das actividades do Núcleo de Arquitectos da Região de Braga da Ordem dos Arquitectos, organizada em parceria com a delegação de Braga da Ordem dos Engenheiros. A sessão será precedida de uma visita ao edifício, projecto do arquitecto Eduardo Souto Moura. 




Seminário: “A evasão escolar nos cursos de graduação a distância: Uma previsão com base no perfil do aluno”
A Casa do Conhecimento e os Serviços de Documentação da Universidade do Minho têm o prazer de convidar a Comunidade a participar no seminário A evasão escolar nos cursos de graduação a distância: Uma previsão com base no perfil do aluno”, na Casa do Conhecimento - Espaços B-lounge da Biblioteca Geral da Universidade do Minho em Gualtar (Braga) e da Biblioteca da Universidade do Minho no Campus de Azurém (Guimarães), no próximo dia 22 de fevereiro, entre das 16h30 às 17h30.

Conferência: A Federação da Rússia no Sistema Internacional
A Casa do Conhecimento da Universidade do Minho participa, via Videoconferência, no seminário “A Federação da Rússia no Sistema Internacional”, organizado pelo Instituto da Defesa Nacional (IDN) e o Instituto Português de Relações Internacionais da Universidade Nova de Lisboa (IPRI-UNL), no próximo dia 21 de fevereiro, entre as 10h00 e as 13h00.
Este seminário insere-se no esforço destas duas instituições em proporcionar um contraste de visões sobre o posicionamento da Federação da Rússia na região e no mundo.
Desta forma, a Casa do Conhecimento da Universidade do Minho proporciona à comunidade académica - alunos e professores - a possibilidade de assitirem e participarem na conferência, a partir dos espaços da Casa do Conhecimento / B-Lounge da Biblioteca, em Azurém e Gualtar, a partir das 10h00, do dia 21 de fevereiro.

Para mais informações contatar: claudia.amaro@gae.uminho.pt


Programa_21fev2017.pdf
A Casa do Conhecimento de Boticas convida...
'De 13 a 24 de julho deixe tudo e venha ao PAVT ser Arqueólogo por um dia!' A atividade arqueológica em Portugal na última década conheceu um enorme crescimento. O reconhecimento da necessidade em identificar, estudar, salvaguardar e valorizar o património arqueológico tem exigido para o efeito a formação de profissionais devidamente qualificados. 
Casa do Conhecimento da Trofa no BELIVE 2015
O Município da Trofa, parceiro da Rede Casas do Conhecimento, prepara o 
Apresentação do livro: “EXPLORAÇÃO MINEIRA AURÍFERA DA ÉPOCA ROMANA – Da Extração ao Paleoambiente”
No âmbito das atividades da Casa do Conhecimento de Boticas e com o Apoio da Rede de Casas do Conhecimento da Universidade do Minho, vai ter lugar no próximo dia 9 de julho, pelas 17:30 horas, no salão nobre dos Paços do Concelho de Boticas, com possível transmissão via videoconferência para outras Casas do Conhecimento, a apresentação do livro: “EXPLORAÇÃO MINEIRA AURÍFERA DA ÉPOCA ROMANA – Da Extração ao Paleoambiente”.Os autores do Livro são: Carla Maria Braz Martins; João Manuel Farinha Ramos e Francisco Sande Lemos. 
XVI Feira do Livro de Montalegre
Decorre até sábado a 16.ª edição da Feira do Livro de Montalegre. Um evento onde a cultura é protagonista e onde a população e a comunidade escolar são desafiados a comparecer. 
A Casa do Conhecimento e a Criação Digital"
No próximo dia 15 de Maio, a Casa do Conhecimentos e Vila Verde assinala, à semelhança dos últimos anos, o Dia Mundial da Sociedade de Informação.O dia 17 de Maio era anteriormente conhecido como Dia Mundial das Telecomunicações, para comemorar a fundação da União Internacional de Telecomunicações, ocorrida em 17 de Maio de 1865.
Conferência comemorativa dos 10 anos do Courrier International - Os EUA depois de Obama
A Rede Casas do Conhecimento, em colaboração com o Instituto de Letras e Ciências Humanas  da Universidade do Minho, tem o prazer de convidar todos os interessados para assistir e participar na conferência comemorativa dos 10 anos do Courrier International - 
Semana Rede Casas do Conhecimento - Workshop de Fotografia Digital - Olhar Paredes de Coura
No âmbito da Semana da Rede Casas do Conhecimento, a CdC de Paredes de Coura, em colaboração com a Escola de Arquitetura da Universidade do Minho, promove um workshop de Fotografia Digital. 
Semana Rede Casas do Conhecimento - Workshop de Primeiros Socorros e Suporte Básico de Vida
A Casa do Conhecimento de Fafe promove, em colaboração com a Escola Superior de Enfermagem da Universidade do Minho, um Workshop de Primeiros Socorros e Suporte Básico de Vida, no dia 26 de Novembro, das 14h30 às 17h30. 
Semana Rede Casas do Conhecimento - Workshop de Primeiros Socorros e Suporte Básico de Vida
A Casa do Conhecimento de Boticas, em colaboração com a Escola Superior de Enfermagem da Universidade do Minho, promove, no próximo dia 26 de novembro, das 10h00 às 13h00,  um workshop de Primeiros socorros e Suporte Básico de Vida, no Auditório Municipal.  A Casa do Conhecimento pretende desenvolver nos participantes noções básicas sobre como socorrer uma vitima em caso de acidente ou emergência.
Roteiro de Curtas Metragens - Mobicurtas
Na Semana da Rede Casas do Conhecimento, a CdC de Vila verde cria um Roteiro de Curtas Metragens e leva as Mobicurtas até às escolas do Conselho. 
Cerimónia de adesão de Montalegre, Ponte da Barca e Trofa
Conferência Perspetivas da Língua Portuguesa
A Casa do Conhecimento da Universidade do Minho disponibiliza, agora, na íntegra,  a Conferência: Perspetivas da Língua Portuguesa. Uma conferência organizada pela Universidade do Minho e o Observatório da Língua Portuguesa, que se realizou na Universidade do Minho - Campus Gualtar, no passado dia 9 de Outubro. Se não teve a oportunidade de estar presente, pode agora assistir às diversas sessões, acedendo, aqui, ao nosso
Conferência “Perspetivas da Língua Portuguesa” nas Casa do Conhecimento de Fafe e de Paredes de Coura
A Universidade do Minho recebe na próxima quinta-feira, dia 9, a conferência
Paredes de Coura: Curso de Outono na Casa do Conhecimento
PROGRAMA
Universidade do Minho participa, à distância, no 3º Encontro "Presente no Futuro" da Fundação Francisco Manuel dos Santos
A 3ª edição do Encontro da Fundação Francisco Manuel do Santos (FFMS) realizar-se-á este ano no CCB, nos dia 3 e 4 de Outubro, cujo tema é  'À procura da Liberdade'. Terá como três subtemas principais
Jornadas de Biologia na Casa de Conhecimento de Boticas
Nos próximos dias 14 e 15 de junho, o CI PAVT - Centro de Interpretação do Parque Arqueológico do Vale do Terva  e a Casa do Conhecimento de Boticas, irão acolher a realização das “Jornadas de Biologia”.Durante as Jornadas serão apresentados: o projeto PAVT – Parque Arqueológico do Vale do Terva; os resultados dos estudos da Fauna e Flora do PAVT, para além de outras palestras efetuadas por conceituados investigadores da área.
Instituto da Defesa Nacional - Ciclo: A defesa da Europa: “ A Defesa europeia no quadro das relações externas de Portugal”
A Casa do Conhecimento da Universidade do Minho transmite, no próximo dia 2 de abril, pelas 11h15, via videoconferência, a conferência “ A defesa europeia no quadro das relações externas de Portugal” – é conferencista o Professor Doutor Nuno Severiano Teixeira.
Transmissão, via videoconferência, do Debate " A Crise na Ucrânia" - CdC Universidade do Minho - CPII - Gualtar
O Instituto da Defesa Nacional vai dedicar a manhã do dia 20 de março, ao debate sobre “A Crise na Ucrânia”. A Casa do Conhecimento junta-se, via videoconferência ao IDN e transmite o debate na Universidade do Minho (CdC UM, CPII, Gualtar) entre as 9h50 - 12h45.
Conferência aberta sobre "EU Crisis Management - Present and Future Ambitions"
1º Colóquio PAVT | TRADIÇÃO, CULTURA E DESENVOLVIMENTO
O PAVT/Parque Arqueológico do Vale do Terva é um projeto conjunto do Município de Boticas e da Universidade do Minho, iniciado em 2006 com o programa de “CONSERVAÇÃO, ESTUDO, VALORIZAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO COMPLEXO MINEIRO ANTIGO DO VALE SUPERIOR DO RIO TERVA, BOTICAS”.
Exposição " OS NOSSOS CÁGADOS ESTÃO EM PERIGO"
A Casa do Conhecimento de Boticas convida todos os interessados a visitar a Exposição '
Ciclo: A Defesa da Europa - Instituto da Defesa Nacional - “Médio Oriente – Situação Atual e Perspetivas de Evolução”
Dia da Internet mais Segura - 11 de Fevereiro
Ao longo desta semana, de 11 a 14 de Fevereiro, a Rede Casas do Conhecimento levará a cabo diversas iniciativas, no âmbito do Dia da Internet mais Segura, contribuindo para a o lema de 2014 'Juntos criamos uma Internet mais segura.' 
Workshop: Criação de e-books com software Web 2.0
A Rede Casas do Conhecimento, com a colaboração do Instituto de Educação da UM, realizará um Workshop de criação de e-books, com Software Web 2.0, na Feira do Livro de Braga.
Projeto de Leitura: "Leva-me, Lê-me e devolve-me"
14h – Projeto de leitura: “
Workshop FILMES COM TELEMÓVEL
No âmbito da Programação do 
CdC Boticas participa no evento - Recursos Educativos Digitais
No próximo dia 22 de Novembro, a Casa do Conhecimento de Boticas será o elo de ligação entre a Universidade do Minho e o Agrupamento Escolar Gomes Monteiro, em Boticas.
Workshop - Jogos Milenares de Raciocinio
A Casa do Conhecimento de Paredes de Coura promove, no próximo dia 9 de Novembro, pelas 21h30, um workshop sobre jogos Milenares de Raciocínio, tais como Xadrez, Gamão, Mancala e Go.
Mobicurtas - 2ª Edição
Depois do êxito da primeira edição, a casa do conhecimento de vila verde lança, novamente, o desafio 'Mobicurtas' aos jovens Vilaverdenses.
Mostra Interativa de Robótica Criativa na Casa do Conhecimento de Vila Verde
30 e 31 de outubro 2013 na Biblioteca Municipal de Vila Verde
Videoconferência - “A situação política na Tunísia” por Luís Faro Ramos (Embaixador de Portugal em Tunes).
No âmbito da parceria estabelecida entre a Casa do Conhecimento da Universidade do Minho e o Instituto de Defesa Nacional para a transmissão, via videoconferência, do Ciclo de Conferências organizado pelo IDN, realiza-se esta Terça-feira, dia 29 de Outubro a conferência : “A situação política na Tunísia” por Luís Faro Ramos (Embaixador de Portugal em Tunes).
Software Proprietário para Software Livre
A realizar no próximo dia
"À conversa com Nuno Freitas" na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho
Workshop Impressão 3D
No próximo dia 19 de setembro, entre as 10.00h e as 16.00h, a Casa do Conhecimento de Vila Verde levará a cabo um Workshop de Impressão 3D para a Rede de Casas do Conhecimento.
Revolution OS - Sessão Documental "Free Software"
No âmbito do trabalho de consciencialização e educação para o Software livre, a
Linux Installation Party na CdC Paredes de Coura
No âmbito de tecnologias OpenSource, a Casa do Conhecimento – Paredes de Coura, irá organizar, no próximo dia 30 de Julho, pelas 15 horas, uma Linux Installation Party, num modelo workshop, tendo como objetivo sensibilizar jovens e adultos para o uso de Sistemas Operativos gratuitos e de código aberto.
Inauguração da Casa do Conhecimento de Boticas
No próximo sábado, dia 27 de julho, a Presidente da Assembleia da República, Drª Assunção Esteves, visitará o Concelho de Boticas, onde terá oportunidade de inaugurar o Centro de Artes Nadir Afonso, e ainda o Centro de Interpretação do Parque Arqueológico do Vale do Terva e a Casa do Conhecimento de Boticas, localizados em Bobadela.
"O Reordenamento do Território" em análise na Casa do Conhecimento de Paredes de Coura
No próximo dia 21 de Junho, pelas 21h00, a Casa do Conhecimento de Paredes de Coura realiza uma Conferência, proferida pelo Professor Cândido Oliveira, sobre a temática do Reordenamento do Território.
Colabora 2013 - III fórum de de práticas e-learning na UM
O
Conferência: "Vitimização Online: Os Riscos de viver na era digital"
A Casa do Conhecimento de Fafe, enquanto fórum para a Sociedade do Conhecimento e Inovação, pretende promover uma Conferência, com o objetivo de debater e refletir, com as comunidades locais associadas à rede, temáticas de interesse público, incentivando uma cidadania mais participativa e contribuído para uma sociedade mais esclarecida.
Ciclo de Conferências "O Futuro da Europa" - "Europa Federal. Utopia ou necessidade?"
MobiGeo Day - Mais uma iniciativa Casa do Conhecimento de Vila Verde
Ciclo de Conferências "O Futuro da Europa" - Instituto da Defesa Nacional
A Casa do Conhecimento da Universidade do Minho, com base na parceria estabelecida com o Instituto da Defesa Nacional, transmite, via VC, mais uma conferência do ciclo 'O Futuro da Europa'.
Exposição : Da Escola Mista Distrital de Habilitação para o Magistério primário à Escola do Magistério Primário de Braga
A Casa do Conhecimento de Paredes de Coura acolhe, entre os dias 12 de Abril e 19 de Maio, a Exposição - “Da Escola Mista Distrital de Habilitação para o Magistério primário à Escola do Magistério Primário de Braga.
Ciclo de Conferências "O Futuro da Europa" - Estratégia 2020 da União Europeia"
A próxima sessão, do Ciclo de conferências 'O Futuro da Europa', promovido pelo IDN e que conta com a colaboração da Rede Casas do Conhecimento para a transmissão via videoconferência, acontece dia 09 de Abril, no auditório da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, em Gualtar, pelas 11h15. Será conferencista o Professor Doutor João Duque.  
Conferência: O Papel da Sociedade da Informação na Reforma do Estado - Problema ou Solução?
A Casa do Conhecimento da Universidade do Minho promove a iniciativa da APDSI - Associação para a Promoção da Sociedade de Informação - e transmite, via videoconferência, a Conferência: 'O Papel da Sociedade da Informação na Reforma do Estado - Problema ou Solução?', no próximo dia
Ciclo de Conferências sobre “O Futuro da Europa” - “A Política de Vizinhança Europeia”, por Dr. António Vitorino
O Instituto da Defesa Nacional irá realizar no dia 13 de março de 2013, pelas 11h15, no Auditório General Câmara Pina, em Lisboa, uma conferência subordinada ao tema “A Política de Vizinhança Europeia”. Será conferencista o Dr. António Vitorino.
Evento inaugural nas Casas do Conhecimento marca arranque das actividades
No próximo dia 25 de Janeiro de 2013, as Casas do Conhecimento serão palco de um evento inaugural, no qual se irão identificar, através da colocação de placas identificativas, os espaços destinados a cada Casa do Conhecimento, em cada Município. 
Iº Centenário da Morte de Narciso Cândido Alves da Cunha
No próximo dia 11 e 12 de Janeiro, Paredes de Coura comemora o primeiro centenário da morte de Narciso Cândido Alves da Cunha, num programa que se divide entre o arquivo Municipal e a Casa do Conhecimento deste concelho.
Rede Casas do Conhecimento 2012 © Todos os direitos reservados.